BRASIL, Sudeste, CAMPINAS, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, Viagens, Música
MSN -

 


 




Todas as mensagens
 CONVERSA DE MADAME
 ATUALIDADES



 UOL - O melhor conteúdo
 CORAÇÃO DE LATA
 MEUS 40 ANOS
 BUGRÃO
 GRUPO AMOR DE CARIDADE
 APOMETRIA
 FUTEBOL INTERIOR
 GERENCIAMENTO AMBIENTAL
 CLIMATEMPO
 CELINHA RIBEIRO - MARILIA SUSTENTAVEL



 Vote agora!


 
Visitante número:
 
CORAÇÃO FENOMENAL




EU VOLTEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII...

PODE ME SEGUIR: http://marcapassofenomenal.blogspot.com.br/



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 12h18
[] [envie esta mensagem
] []



Sem paciência nenhuma.

Olha, vou contar um segredinho: eu tenho cada vez menos paciência. Menos paciência com o mundo, com as gentes, com as coisas.
Possivelmente porque eu ande guardando a minha paciência para as coisas e pessoas essenciais e especiais (meu trabalho, meus planos, minha vida, minha mamys, meu irmão, cunhada e sobrinho e alguns amigos), ou simplesmente esteja ficando mais velha e mais egoísta, mas o fato é que cada vez eu tenho menos saco para enfiar o que não vale a pena e carregar nas costas.
 
Manha? Birra? Drama? Escândalo? Enrolação? Tergiversação? Embromação? Falta de objetividade? Nah. Nem dos outros, nem minha mesma auto própria.
Principalmente se o lamento vier em tom de voz miante, do tipo: "estou aqui para tudo que você precisar", eu digo que preciso e some. Sinceramente só conto com que eu posso, e não com quem fala que quer, mas nada faz.
Tem um tipinho de gente que faz graça, esta me irrita muito mais. Pois se é comigo, eu relevo, inspiro, sublimo, ou mando pra putaquepariu, mas se é na presença de mamys....o bicho pega. NÃO PROMETA O QUE VOCÊ NÃO PODE CUMPRIR.
CUMPRA SEU PAPELZINHO APENAS: um beijo, uma visita, um papo e pode ir embora. Quando quiser volta. Mas fique quietinha.Não abra a boca pra falar que quer ajudar, se não fundo NÃO QUER.

Aí eu estou falando de falta de paciência com a falta de noção e de critério para ter falta de paciência. Explico, claro. Sabe aqueles repórteres que vão ao local de uma tragédia perguntar para as vítimas o que elas vão fazer agora? Mais ou menos isso. Cada vez tenho menos paciência com gente que no meio da confusão da vida de outra (que merecia um tantico de paciência) não dá desconto nenhum, nem bônus, nem crédito, e fica querendo que prestem atenção na sua marca nova de esmalte, fica magoada porque ninguém perguntou da cirurgia de fimose do seu cocker spanil, ou diante de uma resposta lacônica ou, vá lá, ríspida, resolve ir chorar no cantinho, se jogar da ponte, fazer-se de a grande injustiçada do mundo, dizendo que não queria que fosse assim.
 
AMOR GERA AMOR. SE TEM AMOR PARA DAR, CHEGA PERTO, SE NÃO TEM....REZE PARA VOCÊ E PARA QUEM VOCÊ GOSTA. 

sugestão do dia: aconselho a pegarem um vale transporte, dirigirem-se ao ponto de ônibus mais próximo e ir verem se eu estou na esquina fazendo terapia ocupacional.


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 10h27
[] [envie esta mensagem
] []



Com o tempo, não só as roupas deixam de nos servir, mas também alguns sentimentos, algumas pessoas...............


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 12h39
[] [envie esta mensagem
] []



Deus, muito obrigada pela minha saúde, pela minha vida, minha família e pelas oportunidades.
Obrigada pelos meus amigos!!!
Obrigada pelas pessoas que passam pela minha vida, sempre acrescentando algo de bom.
Me perdoe por aquelas que estão do meu lado, mas estão fingindo não me ver. Eu também não consigo dar nada, para esta pessoa.
Agradeço pelas minhas qualidades, e peço coragem a cada dia para que eu possa corrigir meus erros e amenizar os meus defeitos.


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 15h16
[] [envie esta mensagem
] []



"Eu não sei se tem alguma coisa que alivia a gente mais do que quando chega alguém perto de nós naqueles momentos difíceis. Pega nossa mão e diz: “Eu estou aqui!”
(Padre Fábio de Melo)


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 15h14
[] [envie esta mensagem
] []



SETE
 
 
Ando por aí querendo te encontrar........cada esquina paro em cada olhar...........Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar..........Que o nosso amor pra sempre viva....


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 11h06
[] [envie esta mensagem
] []



"Geralmente, todos os nossos adversários, na essência, são nossos instrutores."
Emmanuel


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 11h05
[] [envie esta mensagem
] []



REENCARNAR, PRA QUÊ?

Assim como as pessoas têm muito medo de morrer porque não sabem o que irão encontrar na outra dimensão, os espíritos que estão vivendo no astral têm medo de reencarnar.
Esquecer o passado e mergulhar no mar encalpelado do mundo, enfrentar seus próprios limites e os desafios de seu crescimento é assustador. Controlar as emoções, ordenar a mente, experimentar as próprias idéias e enfrentar os resultados requer coragem, persistência. Ficar entregue ao próprio discernimento, tomar decisões, ser responsável pelo próprio destino atemoriza.
Para o espírito, reencarnar é como vestir um escafandro e mergulhar nas profundezas do oceano. O corpo de carne tem um metabolismo lento, muito diferente da vida astral, onde tudo é mais dinâmico e rápido. Lá, a força do pensamento materializa rapidamente os objetivos, de acordo com a capacidade de cada um, criando e movimentando os elementos.
Aqui, na Terra, nossos projetos levam muito mais tempo para se tornar realidade. Para construirmos um edifício levamos muitos meses, enquanto lá eles o fazem em algumas horas..
- Como?! Há prédios no astral? – alguns vão perguntar.
Há prédios, ruas , cidades, tudo. O que chamamos de astral são os mundos das outras dimensões do universo.
Cada um deles gravita em determinada faixa de ondas, possui um magnetismo próprio e, para os que vivem lá, tudo é tão sólido quanto para nós é nosso mundo.
Não os podemos ver porque nossos olhos enxergam apenas em limitada faixa de percepção, o que não os impede de continuar existindo. A limitação é nossa. Os micróbios existem, mas só os podemos ver se tivermos um microscópio.
- Se eles têm medo, porque reencarnam?
Para reeducar o emocional. No astral as emoções são muito mais fortes e profundas. A tristeza, o remorso, o arrependimento, a frustração, a mágoa tornam-se insuportáveis e chega um momento em que, cansado de suporta-las, o espírito aceita nascer na Terra. Para ele, o esquecimento será uma bênção. O magnetismo lento permitirá que ele medite mais, experimente, reflita, conheça-se melhor e amadureça.
Reencarnar na Terra é começar de novo. Todas as lembranças do passado são guardadas no inconsciente temporariamente e, embora possam influenciar intuitivamente o espírito reencarnado, ele estará em sintonia com o cérebro do novo corpo, que como um filme virgem vai registrar as novas experiências. Não é genial?
A vida, mágica e divina, vai tecer os acontecimentos, juntar pessoas, de acordo com as necessidades daquele espírito, e criar estímulos a que ele se torne mais consciente, liberte-se dos antigos padrões de crença que o levaram ao sofrimento. Se ele aproveitar, voltará ao astral mais lúcido e feliz.
A vida é um eterno agora, e nós continuaremos sendo o que fizermos de nós, seja onde for que passemos a viver. Enfrentar nossas dificuldades desde já, fazer nosso melhor, é construir nossa paz.
(Zíbia Gasparetto)


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 17h51
[] [envie esta mensagem
] []



Me concedo o direito de não me sentir responsável por aquele que cativo.
Me sinto grata, mas responsável é demais.



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 17h48
[] [envie esta mensagem
] []



Quanta Coisa

O time feio e triste do São Paulo perdeu mais uma. Patético. O Leão já fez vários testes no elenco, agora só falta o de DNA. Só lembrando, o São Paulo não tem sangue.

Com um futebol paraguaio, o Corinthians ganhou do Ceará com um gol do peruano.

O Tite após a partida contra o Ceará não falou. Os jogadores quiseram preservar o treinador. HAHAHAHAHAHA. Quando eu parar de rir eu comento a situação.

O Liedson é sempre o mesmo, resolve um jogo, outro não, e assim vai. É de lua. Nem sempre é decisivo.

E com o gol do Luan, a torcida do Palmeiras já elegeu quem é a Suzane no time da família Richthofen.


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 08h40
[] [envie esta mensagem
] []



Ser um lago

O velho mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo de água e bebesse.

- Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Ruim - disse o aprendiz.

O mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:
- Beba um pouco dessa água.

Enquanto a água escorria do queixo do jovem o mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! disse o rapaz.
- Você sente o gosto do sal? perguntou o Mestre.
- Não - disse o jovem.

O mestre então sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um lago.



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 13h19
[] [envie esta mensagem
] []



"Existem pessoas que se sentem ofendidas, magoadas por qualquer coisa: à mais leve contrariedade, se sentem humilhadas... Ora, nós não viemos a este mundo para nos banhar em águas de rosas... Somos espíritos altamente endividados - dentro de nós o passado ainda fala mais alto... ... Não podemos ser tão suscetíveis assim..." Chico Xavier



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 22h58
[] [envie esta mensagem
] []



Hoje meu médico me fez esperar 1 hra e 20 min para me atender. Sempre tenho na bolsa um livro pessoal ou profissional para estas horas, pois não sou de conversas em consultórios. Mas hoje não tinha nada. Tinha uma senhora muito simpatica do meu lado: 83 ANOS DE VIDA. No início, a mesma coisa de sempre:esta quente, vai chover,feriado, isso engorda.....por fim me peguei contando minhas dores para esta senhora (eu que sou tão contida para as questões pessoais = dores, decepções e marcas da vida).


LIÇÃO DE HOJE, ELA PEGOU NA MINHA MÃO E ME DISSE:
MINHA QUERIDA, A VONTADE DE DEUS NUNCA IRÁ LEVÁ-LA AONDE A GRAÇA DE DEUS NÃO IRÁ PROTEGE-LA. ACREDITE, SÓ VOCÊ PODE PASSAR POR ISSO, SÓ VOCÊ



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 23h37
[] [envie esta mensagem
] []



Em determinados momentos estaremos diante de situações para as quais não vemos saida .Ela porem existe.Só está oculta aos nossos olhos.Nesse momento, ore e clame a Deus, ouça atentamente a orientação de sua palavra e obedeça.Faça a sua parte e creia que Deus fará a Dele.Deus honrara a sua fé.



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 23h36
[] [envie esta mensagem
] []



Gente, alguém me diga:

É pra encarar com naturalidade que um quilo de tomate comum esteja custando R$ 4,88 (!!!!!!!!!!) ou já pode chamar a polícia pra prender o gerente do supermercado por crime contra a economia popular???????!!!!!!!!!



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 23h28
[] [envie esta mensagem
] []



A felicidade raras vezes se mede pelo que conseguimos na vida, porque depressa as coisas desaparecem e as pessoas se perdem.

A felicidade mede-se pelo que somos quando não poderíamos pedir mais e melhor.



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 19h17
[] [envie esta mensagem
] []



Vai pro sul perder de 4 e depois gaúcho que é viado, hahahahahaha.
ass. LIDER.



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 19h15
[] [envie esta mensagem
] []



Viver é isso:
 andar,
correr,
cair,
se machucar,
se levantar,
comprar remédio,
fazer curativo e começar tudo de novo. 
 Com a cabeça erguida e,
no meio disso tudo,
um sorriso guardado para qualquer situação ...



Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 22h02
[] [envie esta mensagem
] []



Li em um livro a seguinte frase:

"Que a morte de um ente querido seja luz para a nossa vida".

À primeira impressão, me pareceu uma afirmação totalmente incoerente. Como pode a morte de alguém que amamos servir-nos de luz?

Tenho uma amiga que viveu muitos anos no Japão, e lá as estações do ano são muito bem definidas. Ela me ensinou a observar com cuidado o ciclo da vida.

No outono, as folhas das árvores começam a mudar de cor, tornam-se vermelhas, ou alaranjadas, ou marrons, até que caem todas, deixando as árvores apenas nos troncos e galhos. Então, entra o inverno. Durante todo o inverno, as árvores ficam peladas, secas, com a aparência nítida de que não têm vida, que morreram para sempre. Os insetos somem, os pássaros desaparecem, a temperatura esfria, como se o sol não voltasse mais a nos aquecer, o céu fica cinza e só clareia quando a neve cai e cobre todo o solo. A vegetação, já aparentemente sem vida, some então sob a neve. Tudo é muito triste e parece ser o fim. Então, chega a primavera.

O céu se abre aos poucos e, com os primeiro raios de sol da primavera, de repente, podemos observar uma borboleta saindo do casulo, alguns insetos voando, aranhas, na maioria filhotes que acabaram de sair dos ovos, armando suas teias, pássaros piando, depois voando, depois cantando, depois montando seus ninhos. Então, olhando-se mais de perto para aquelas árvores aparentemente sem vida, passamos a observar centenas de pequenos brotos, cheios de força, sendo chamados novamente à vida. Depois de poucas semanas, toda a exuberância da natureza está restabelecida, toda a beleza nos é devolvida. Toda a vida renasce daquilo que poderíamos jurar que estava morto.

É assim o ciclo da vida... Ela me disse.

Mesmo assim me perguntei o que isso tinha haver com a minha frase. 

Então......se Deus tem todo esse cuidado com o restante da natureza, por que razão não teria esses mesmos cuidados, ou até mesmo ainda mais cuidados, conosco, que somos Seus filhos feitos à Sua semelhança?

Isso tudo, para mim, diz apenas uma coisa: a vida não termina. Ou ainda, a NOSSA vida também não termina. Ela se renova a cada primavera (ou a cada morte e a cada nascimento). Não posso negar a grandeza deste mundo de Deus.Então, se pensarmos que somos partes desse imenso universo de Deus e, como tudo, apenas nos renovamos, por que deveríamos temer ou chorar a morte?

Quero entender que quando um ente querido se vai do nosso convívio, devemos sim curtir a nossa tristeza, pois isso faz parte da nossa natureza. Mas podemos também aprender a ver nessa partida a beleza da renovação da vida. 

Essa consciência da nossa condição temporária neste mundo e da nossa eternidade como filhos de Deus nos vem a partir desses dois acontecimentos: o nascimento e a morte. Encarar a morte de um ente querido pode abrir, então, nossos olhos para a luz da compreensão da nossa existência. Como alguem poderá afirmar que a morte é tão definitiva? A natureza nos diz que não!

Acho que podemos nos tornar mais fortes e confiantes nesses momentos de provação, se os aproveitarmos para compreender a grandeza da vida que Deus nos deu.


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 21h42
[] [envie esta mensagem
] []



empatia (grego empátheia, -as, paixão)   

s. f.
Forma de identificação intelectual ou .afetiva de um sujeito com uma pessoa, uma ideia ou uma coisa.

 
Vou trocando de lugar com tantas outras pessoas. Num dia entrevistada, no outro entrevistadora. Num dia procuro a minha estabilidade profissional e passo a potencial candidata, no outro continuo no meu papel de freelancer e procuro recrutar quem precisa. Num dia puxo pelo melhor de cada pessoa, no outro dou o melhor de mim {para mim}. Num dia valorizo, em relatório, tudo o que encontrei de diferente, de mais valia, de valor acrescentado nas pessoas que me passam "pelas mãos", no outro reestruturo a minha apresentação, defino forças, fraquezas, oportunidades e ameaças na análise swot do que tenho para aportar.
Num dia faço perguntas, no outro dou respostas. Num dia estou nervosa, no outro sinto o bater do coração de quem busca uma nova oportunidade. Num dia analiso gestos e entrelinhas, no outro sinto a pressão de uma análise que não é a minha.
Sei o que é estar do outro lado, sei o que é estar deste. Procuro ser com os outros aquilo que espero sejam comigo. Com transparência, frontalidade e empatia.


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 14h10
[] [envie esta mensagem
] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]