BRASIL, Sudeste, CAMPINAS, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, Viagens, Música
MSN -

 


 




Todas as mensagens
 CONVERSA DE MADAME
 ATUALIDADES



 UOL - O melhor conteúdo
 CORAÇÃO DE LATA
 MEUS 40 ANOS
 BUGRÃO
 GRUPO AMOR DE CARIDADE
 APOMETRIA
 FUTEBOL INTERIOR
 GERENCIAMENTO AMBIENTAL
 CLIMATEMPO
 CELINHA RIBEIRO - MARILIA SUSTENTAVEL



 Vote agora!


 
Visitante número:
 
CORAÇÃO FENOMENAL




Sem paciência nenhuma.

Olha, vou contar um segredinho: eu tenho cada vez menos paciência. Menos paciência com o mundo, com as gentes, com as coisas.
Possivelmente porque eu ande guardando a minha paciência para as coisas e pessoas essenciais e especiais (meu trabalho, meus planos, minha vida, minha mamys, meu irmão, cunhada e sobrinho e alguns amigos), ou simplesmente esteja ficando mais velha e mais egoísta, mas o fato é que cada vez eu tenho menos saco para enfiar o que não vale a pena e carregar nas costas.
 
Manha? Birra? Drama? Escândalo? Enrolação? Tergiversação? Embromação? Falta de objetividade? Nah. Nem dos outros, nem minha mesma auto própria.
Principalmente se o lamento vier em tom de voz miante, do tipo: "estou aqui para tudo que você precisar", eu digo que preciso e some. Sinceramente só conto com que eu posso, e não com quem fala que quer, mas nada faz.
Tem um tipinho de gente que faz graça, esta me irrita muito mais. Pois se é comigo, eu relevo, inspiro, sublimo, ou mando pra putaquepariu, mas se é na presença de mamys....o bicho pega. NÃO PROMETA O QUE VOCÊ NÃO PODE CUMPRIR.
CUMPRA SEU PAPELZINHO APENAS: um beijo, uma visita, um papo e pode ir embora. Quando quiser volta. Mas fique quietinha.Não abra a boca pra falar que quer ajudar, se não fundo NÃO QUER.

Aí eu estou falando de falta de paciência com a falta de noção e de critério para ter falta de paciência. Explico, claro. Sabe aqueles repórteres que vão ao local de uma tragédia perguntar para as vítimas o que elas vão fazer agora? Mais ou menos isso. Cada vez tenho menos paciência com gente que no meio da confusão da vida de outra (que merecia um tantico de paciência) não dá desconto nenhum, nem bônus, nem crédito, e fica querendo que prestem atenção na sua marca nova de esmalte, fica magoada porque ninguém perguntou da cirurgia de fimose do seu cocker spanil, ou diante de uma resposta lacônica ou, vá lá, ríspida, resolve ir chorar no cantinho, se jogar da ponte, fazer-se de a grande injustiçada do mundo, dizendo que não queria que fosse assim.
 
AMOR GERA AMOR. SE TEM AMOR PARA DAR, CHEGA PERTO, SE NÃO TEM....REZE PARA VOCÊ E PARA QUEM VOCÊ GOSTA. 

sugestão do dia: aconselho a pegarem um vale transporte, dirigirem-se ao ponto de ônibus mais próximo e ir verem se eu estou na esquina fazendo terapia ocupacional.


Escrito por CORAÇÃO DE LATA às 10h27
[] [envie esta mensagem
] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]